Receitas

3.3.14

Caril de Lulas


Garam masala (do hindi garam, "picante" e masala, "pasta")
É uma mistura de especiarias moídas muito comum na culinária da Índia. O garam masala é forte, mas não picante como uma malagueta.

Alguns dos ingredientes mais comuns são: grãos de pimenta preta e branca, cravinho, louro, cominho preto, sementes de cominho, canela, cardamomo preto, castanho e verde, noz-moscada, anis e sementes de coentro. São usadas diversas combinações destes ingredientes nas variações regionais do garam masala , não sendo nenhuma delas considerada mais autêntica que a outra.


Pessoalmente, costumo comprar o Garam Masala no Martim Moniz, aos verdadeiros senhores indianos. Para além de ser mais barato é mais autêntico. Quando isso não é possível, gosto de comprar no Jumbo, por ser aquele que mais se aproxima do original.

Normalmente, o caril apresenta-se com frango, mas trago-vos Caril de Lulas, para quando estamos cansados de as fazer recheadas ou queremos presentear os amigos com coisas diferentes e boas!

As lulas podem ser compradas no super perto de vós. Mas se tiverem tempo, comprem fresquinhas na praça... vão notar a diferença!





Então, vamos fazer o nosso caril para 3 pessoas. Precisamos de:



  • 400gr de lulas limpas
  • 1 cebola
  • 1 tomate
  • 2 dentes de alho
  • 1 pedacinho de 1 cm de raíz de gengibre
  • 1 clh sopa de coentros em pó
  • 1 clh de café de cominhos
  • 1/2 clh de café de açafrão das Índias
  • sal
  • 1 clh sopa de Garam Masala 
  • 2 dl de leite de coco
  • 2 colheres de sopa de óleo vegetal (azeite adultera o sabor da receita!)

Leve a cebola cortada em rodelas finas a alourar no óleo. Assim que começarem a ficar bem douradinhas, retire-as e escorra sobre papel absorvente. Desligue o lume.

Num robot de cozinha, ou na varinha mágica, triture as cebolas cozinhadas e reserve.

Misture, depois, no robot o tomate limpo de peles e sementes, os dentes de alho e a raíz de gengibre até formar uma pasta.

Aqueça o restante óleo onde fritou as cebolas e junte estas trituradas. Deixe fritar 2 minutos e junte a mistura de tomate e todas as especiarias. Misture bem e deixe fritar uns minutos para as especiarias libertarem todo o seu aroma.

Junte as lulas cortadas em rodelas não muito finas e deixe fritar um pouco. Adicione o leite de côco e tempere com sal q.b.

Deixe cozinhar em lume brando, tapado até as lulas estarem cozinhadas




Para acompanhamento:

Arroz basmati, que é mais solto e envolve bem com o caril.
Salada de pepino e alface, bem fresquinha, para cortar o sabor intenso do caril.

Vinho

Um vinho verde branco cai muito bem neste prato. Para os mais interessados, posso recomendar um Soalheiro Primeiras Vinhas 2011.


Fácil, fácil, Sem Espinhas!

Comentar

Postar um comentário