Receitas

9.11.16

Dica #39 - Os Frutos Secos

Hoje falamos de frutos secos

Antes de mais vamos dividir os frutos secos por dois grupos.

Os Frutos Secos Oleaginosos e os Frutos que se consomem secos.

Os frutos que são secos, por exemplo o Figo ou a Ameixa, são, devido à secagem em tudo muito mais concentrados, com excepção das vitaminas solúveis em água, o que os tornam por isso mais calóricos, se 100gr de ameixas frescas têm cerca de 50 Kcal, as secas têm cerca de 4 vezes mais,
imagem retirada daqui

As ameixas secas dão um bom contributo em casos de prisão de ventre, pelo que podem deixar duas ameixas secas de molho durante a noite, ingerindo-as em conjunto com essa água no dia seguinte.

As passas de uva e os figos secos possuem um elevado teor de hidratos de carbono, fibras, vitaminas e minerais como o cálcio, o fósforo, o potássio e o ferro.


Já os frutos secos Oleaginosos têm as seguintes características especificas:

A amêndoa contém muitas vitaminas, oligoelementos, ferro e cobre que poderá integrar a dieta de quem sofra de anemia ferropénica. O seu elevado teor em ácidos gordos monoinsaturados faz deste fruto seco um bom alimento em dietas de hipertensos e em casos de colesterol e triglicéridos elevados. No caso da diabetes este fruto parece melhorar a sensibilidade à insulina. A amêndoa é também benéfica quando se praticam exercícios que requerem muito esforço físico, bem como em atividades intelectuais que exijam concentração.
Imagem retirada daqui

Também a avelã e a noz são indicadas em dietas para regularizar o colesterol ou ainda em casos de afecções cardíacas devido à riqueza de ácidos gordos polinsaturados e Omega-3.

A Noz é pobre em fibras e contém poucas proteínas.
imagem retirada daqui

avelã possui uma grande quantidade de fibras que actuam como laxante, são dos frutos secos mais ricos em vitamina A e vitamina C, sendo a quantidade de magnésio também muito significativa.
imagem retirada daqui

O pistácio é muito rico em minerais como o potássio, o cálcio, o fósforo, o ferro e o magnésio. Devido ao teor de fibra, é considerado um óptimo laxante natural.
imagem retirada daqui

O pinhão apresenta um equilibrado teor de ácidos gordos mono e polinsaturados que ajuda na redução do nível de colesterol. Este fruto contribui ainda para o bom funcionamento do sistema nervoso.
imagem retirada do Pinterest

Estes frutos podem ser excelentes aperitivos (deverá evitá-los na sua forma salgada ou caramelizada) e são bem melhores para a saúde que outros aperitivos mais artificiais.

Apesar dos benefícios descritos, estes frutos devem ser consumidos sempre com moderação devido ao seu elevado teor calórico, que poderá ser prejudicial.

Nunca consumam frutos secos que não tenham um paladar fresco, já que se estiverem rançosos, como tantas vezes acontece, são prejudiciais à saúde.

Ao escolher este tipo de frutos é necessário ter em atenção o facto de estes terem sido processados pela indústria e lhes ter sido acrescentado, por exemplo, sal ou açúcar, consoante os casos.
Contrariamente, os benefícios que apresentam perder-se-iam.

Como exemplo, podemos citar as tâmaras brilhantes que são embebidas em xarope de açúcar, algumas cristalizadas. Alguns dos frutos são untados com óleo para não ficarem colados e desidratados, todos estes processos aumentam o seu valor calórico. é importante estarmos atentos aos rótulos, pois em alguns casos são adicionados conservantes para prolongar a conservação dos frutos.

imagem retirada do pinterest

Dicas Sem Espinhas

Comentar

Postar um comentário